segunda-feira, 10 de julho de 2017

EP FANELVIS INTERNATIONAL FORUM





Esse blog foi criado para falarmos apenas sobre Elvis. Quando se fala sobre Elvis, várias palavras vêm à mente. Música: Elvis deixou uma obra de 58 LPs (se eu contei direito) gravados em vida, isso se não contarmos os singles (compactos), LPs póstumos, coletâneas, muitas dessas coletâneas são exclusivas lançadas em um só país (isso faz muito colecionador perder o sono), CDs e os FTDs (que hoje a lista passa de mais de 150 títulos) até aqui oficial. Porque a gente nem mencionou os bootlegs (gravações de shows ou ensaios não lançados oficialmente, mas que graças a tecnologia, muitas vez tem um som superior a um lançamento oficial) que existem aos montes. A segunda palavra seria “Filmes”. Elvis estrelou 33 filmes, dos quais dois deles são documentários. Isso sem contar o Aloha From Hawaii e o 68 Comeback, que eu classificaria como dois títulos importantíssimos que não podem faltar nessa lista. Livros, revistas, jornais, fotos, os principais detalhes de sua vida que mudou completamente quando ele parou o caminhão em frente ao Sun Studios. Daí vem a conclusão e uma pergunta. A conclusão é que Elvis deixou uma obra que é redescoberta até os dias de hoje, Elvis não é apenas um ídolo de milhões de pessoas no mundo inteiro, Elvis é um ícone da música e do cinema e tem que ser estudado constantemente pelos seus fãs.  A pergunta é: Onde o fã encontra todas essas informações hoje em dia? Blogs? Sites? Quais?

Aí eu faço um breve intervalo para contar uma rápida história. Eu fui comprar meu primeiro computador em 2006. Na época que comprei eu mal sabia usar o email, quanto mais ter acesso as redes sociais. Mas acabei fazendo sim uma conta no finado Orkut (tudo o que o “cara de livro” ou “minha vida é um e-book aberto mesmo que eu não tenha as dimensões do que isso pode me causar um dia” ofuscou bruscamente) e lá no Orkut tomei conhecimento de um endereço na internet onde tinha tudo sobre Elvis Presley. Se digitarmos hoje Elvis Presley em qualquer motor de busca na internet vamos ter na lista o site oficial, sua biografia em alguns sites, alguns vídeos, mas o melhor endereço onde temos acesso a tudo que envolve o nome Elvis Presley é o fórum internacional EP FANELVIS INTERNATIONAL FORUM, administrado pela Angel Presley. Participo de lá desde 2008, época em que eu acessava até dos laboratórios de informática da faculdade. Eu como fã de Elvis divido meu tempo de fã em antes e depois de entrar para o fórum. Todos os filmes, todos os discos, todos os detalhes da vida e obra de Elvis estão no fórum. Além de todos os discos e filmes, fotos, textos, livros, revistas, itens de coleção memorabilia, notícias sobre os lançamentos, letras, traduções das letras, filmes, shows, as famosas jumpsuits dos anos 70, sessões de fotos para os filmes, tudo que se imaginar sobre Elvis Presley tem um endereço certo. http://epfanelvis.livreforum.com/

A este espaço eu devo tudo o que sei de Elvis, todo meu acervo, tudo o que eu conheci de Elvis está no fórum. Elvis cantou no Aloha a canção “Welcome To My World”. Quer saber de tudo relacionado ao Mundo Elvis? Entre para o EP FANELVIS INTERNATIONAL FORUM.

terça-feira, 4 de julho de 2017

Elvis By Request Specially For Brazil




É um disco bem bacana e exclusivamente brasileiro. O disco é de 1979 e, segundo o texto de letras miúdas da contra capa (que eu até queria transcrever, mas a vista já não ajuda, só com lupa, rs), diz que a seleção de músicas foi uma iniciativa do Fan Club Elvis Playhouse, de (Caçador, Santa Catarina), de fazer uma pesquisa das músicas que espelhasse a preferência dos seus fãs. Foi então feita uma pesquisa com os “principais fans clubes” no Brasil naquela época. Dentre eles o Elvis Playhouse (já mencionado), Grupo The Pelvis (Rio de Janeiro), Sunrise Of Rock (São José dos Campos em São Paulo), Forever King, Forever Elvis, (Minas Gerais), Ceará Gang e Gang Elvis Curitiba (Paraná). Cada membro enviou três músicas como sugestão. Creio que as mais votadas entraram para a seleção desse disco. Ao lado do título de cada música vem a data de lançamento da gravação original. O texto termina com a frase entre parênteses (Imaginem o “ouriço” que este LP irá causar em todos os colecionadores de Elvis no mundo inteiro pois, lembrem-se, trata-se de um disco feito por/para brasileiros). A ficha técnica é completada dizendo que algumas das canções desse disco fizeram parte de alguns dos filmes estrelados por Elvis. No texto também há a relação completa dos filmes e suas respectivas datas de lançamento. Também está relacionado no fim da Ficha Técnica os fan clubs participantes da pesquisa e elaboração da seleção musical.

Lado A

  1. Viva Las Vegas (Abril, 1694)
  2. It´s Now Or Never (Julho, 1960)
  3. No More (Outubro, 1961)
  4. Sylvia (Março, 1972)
  5. Sentimental Me (Junho, 1961)
  6. What A Wonderful Life (Março, 1962)
  7. Tell Me Why (Janeiro, 1966)

Lado B

  1. Girls! Girls! Girls! (Novembro, 1962)
  2. Come What May (Junho, 1966)
  3. It Hurts Me (Outubro, 1963)
  4. I Need You So (Julho, 1957)
  5. America (Novembro, 1977)
  6. The Wonder Of You (Maio, 1970)
  7. Memphis, Tennessee (Julho, 1965)


O disco tem uma seleção excelente, mas não compreendo ficarem de fora músicas como “Blue Suede Shoes”, “Jailhouse Rock”, “Hound Dog” e “Love Me Tender”. Um pouco acima comentamos de algo escrito no texto sobre o “ouriço” que esse disco iria causar nos colecionadores de Elvis no mundo inteiro. Mas creio que também um “ouriço” maior foi causado, em virtude da informação ao lado da canção America, lançada em Novembro de 1977. Quem leu o texto na contra capa, deve ter se perguntado: Mas, como???!!! Pois Elvis havia falecido em Agosto de 1977. Muita gente deve ter lido “data de lançamento” e entendeu “data de gravação”. Por pouco ela não entrou para o disco "Moody Blue", mas a versão dessa canção é de 1975 e foi gravada da mesa de som para uma fita cassete. A canção foi lançada em Novembro de 1977 em um compacto, o primeiro compacto póstumo de Elvis.

Esse disco na minha vida teve uma importância enorme. Em casa lembro que tinham três discos do Elvis. Today , de 1975 (que já falei sobre ele aqui no blog), Welcome To My World, de 1977 (que será tema de uma próxima postagem) e o By Request Specially For Brazil. Não faço ideia de quem foi a iniciativa de comprar esses três discos, pois nem papai nem mamãe eram fãs assim do Elvis (no máximo gostavam de algumas músicas), mas desses discos eu lembro desde pequeno. Perdi esses discos uma vez que ladrões entraram em casa e levei anos para achá-los e comprar novamente. O primeiro que eu consegui de novo foi o By Request. Eu trabalhava nas imediações da avenida Paulista nos anos 90 (ano em que todo mundo só falava em CD e o vinil começava a perder força) e um dia entrei na loja do Tangerino, famoso por suas feiras do vinil hoje em dia. Contei para ele a história e ele me aconselhou a ter calma pois eu reencontraria o Today e o Welcome To My World também. O Today reencontrei em um sebo na Mooca anos depois e o Welcome To My World encontrei justamente na feira do Tangerino. São importantes pra mim esses discos porque foi com eles que conheci Elvis Presley.  Existe ainda um By Request Specially For Brazil de 1981, que eu não tenho, mas ainda vou na caça para falar sobre ele aqui no blog.

terça-feira, 27 de junho de 2017

Good Rockin´ Tonight – The Best Of Elvis – Volume 2



Disco 1

Lado A

1.       That´s When Your Heartaches Begin (Lado B da 1ª gravação de Elvis, tirade do acetate original - 1953)
  1. That´s All Right Mama (Versão alternativa inédita incluindo “false starts” – 1954)
  2. Lawdy, Miss Clawdy (Versão alternativa inédita - 1956)
  3. Shake, Rattle And Roll (Versão alternativa inédita com verso e solo extra - 1956)
  4. I Want You, I Need You, I Love You (Versão alternativa inédita - 1956)
  5. Money Honey (Versão inédita gravada ao vivo em Las Vegas – 1956)
  6. All Shook Up (Versão inédita gravada ao vivo no Hawai – 1961)
  7. Maybellene (canção inédita – 1955)

Lado B

  1. Kiss Me Quick (versão alternativa inédita sem acompanhamento vocal – 1964)
  2. No More (versão original de estúdio – 1961)
  3. Memphis, Tennessee (versão alternativa de estúdio – 1964)
  4. You´ll Never Walk Alone (versão original de studio – 1967)
  5. Almost In Love (Única composição de um brasileiro – Luiz Bonfá – gravada por Elvis – 1969)
  6. Rubberneckin´(versão inédita gravada ao vivo em Las Vegas – 1969)
  7. Medley: Little Sister/Get Back (Gravação inédita ao vivo em Las Vegas – 1969)


Disco 2

Lado A
  1. It´s Only Love (versão longa inédita – 1971)
  2. You´ve Lost That Loving Felling (versão alternative inédita de ensaio em Las Vegas – 1970)
  3. Burning Love (versão inédita gravada ao vivo em Dallas – 1975)
  4. An American Trilogy (versão original inédita de compacto – 1972)
  5. Guitar Man (Original de compacto, gravação inédita ao vivo em Las Vegas – 1972)

Lado B

  1. Sylvia (versão alternativa inédita sem acompanhamento vocal – 1972)
  2. Separate Ways (versão original de estúdio – 1972)
  3. T – R – O – U – B – L – E (versão inédita gravada ao vivo em Dallas – 1975)
  4. My Boy (versão alternativa sem acompanhamento vocal – 1973)
  5. Promised Land (versão alternativa inédita – 1973)
  6. America The Beautiful (gravada ao vivo – 1977)


Se o Volume 1 tinha trazido músicas conhecidas do grande público alternado com versões exclusivas, esse Volume 2 chegou colocando a discografia brasileira no topo da lista. Me pergunto se saiu algum material oficial assim em outro país. Nem falo quais músicas eu destacaria desse disco porque eu teria que falar de todas as músicas. As canções desse disco foram escolhidas a dedo pelo Marcelo Costa. O Volume 1 de 1989, em uma época em que não tínhamos internet como nos dias de hoje e também podemos colocar esse Volume 2, em 1992 talvez a internet por aqui estivesse só engatinhando. Creio que sim, pois em 1995 lembro de estar na casa de amigos (que já tinham computador em casa) se divertindo com ICQ ou MSN, já não sei, eu comprei meu primeiro computador em 2006. Mas, me pergunto: Pra obter essas versões no início dos anos 90... como era? Ah, colecionador, filhão!!! Marcelo Costa tinha CD dos 4 cantos do mundo com versões inéditas e alternativas. Esse Volume 2 e o Volume 1 são obrigatórios em sua coleção. Para a próxima postagem, não sei ainda sobre qual disco ou filme escrever. Mas uma coisa é certa: Aqui só se fala de Elvis.  

terça-feira, 20 de junho de 2017

Good Rockin´ Tonight – The Best Of Elvis



Olá pessoal.
Até tomei um susto quando entrei aqui e vi a data da última postagem: 02 de junho de 2014. É verdade que a mídia blog teve uma queda muito brusca em virtude das redes sociais, uatizapis, vai (não vai) ter copa, isso fora as discussões políticas que tem tomado o tempo de muita gente na internet. Então a melhor coisa que eu faço daqui em diante é ficar no meu cantinho aqui no blog sobre o Elvis, no blog do Baratta e no blog sobre o Roberto Carlos.
Hoje venho falar sobre um disco que durante muito tempo eu desejei ter e enfim consegui ano passado, ou retrasado em uma feira de discos em Pinheiros, São Paulo.
Good Rockin´ Tonight – The Best Of Elvis
Um disco duplo com uma seleção de músicas escolhidas a dedo pelo saudoso Marcelo Costa, presidente da SPEPS. São Paulo Elvis Presley Society. O disco traz músicas conhecidas, algumas em versão alternativa inédita, músicas fora de catálogo na época, versão de estúdio inédita, versão original de compacto, versão com equalização diferente da conhecida e versão alternativa ao vivo. Costumo dizer que a discografia brasileira de Elvis, está à frente de alguns outros países do mundo. Mesmo com a facilidade hoje das plataformas digitais, mesmo com o advento do CD alguns anos atrás, mesmo com o festival de CDs que pudemos baixar, mais precisamente de 2009 até os dias de hoje, essa coletânea é obrigatória para todo fã. Até os mais exigentes colecionadores que preferem muitas vezes focar nos discos importados, essa é uma coletânea que eu não chegaria ao ponto de me desfazer. O disco está datado no selo com o ano de 1989. E na contra capa tem o logo tipo do SBT, Sistema Brasileiro de Televisão. Estou associando que o filme “Elvis And Me” de 1988, no Brasil “Elvis E Eu”, passou no SBT em forma de minissérie por volta de 1989. Tanto que a música “Always On My Mind” virou um hit nessa época. Antes disso pelo menos eu não me lembro de conhecer a música. Conheci por causa do filme. Vale a pena ressaltar, que fui adquirir um certo conhecimento da obra gravada do Elvis por volta de 2008 no fórum EP FANELVIS.
Bom, mas vamos ao álbum.
Disco 1
Lado A

1.       Blue Suede Shoes
2.       Good Rockin´Tonight
3.       Hound Dog
4.       Heartbreak Hotel
5.       Love Me Tender
6.       Tutti-Frutti
7.       Jailhouse Rock
8.       (Let Me Your) Teddy Bear
9.       Party (Versão alternativa inédita)
10.   Danny (Fora de catálogo)

Lado B

  1. Don´t Be Cruel
  2. Such A Night (Incluindo “false starts”)
  3. Are You Lonesome Tonight?
  4. It´s Now Or Never
  5. Return To Sender
  6. Down In The Alley (Canção Inédita)
  7. Suspicion (Fora de catálogo)
  8. Can´t Help Falling In Love (Versão alternative inédita)

Disco 2
Lado A

  1. Bossa Nova Baby (Versão inédita)
  2. Never Ending (Fora de catálogo)
  3. Viva Las Vegas (Fora de catálogo)
  4. King Of The Whole Wide World (Versão alternative inédita)
  5. I´ll Remember You (Versão de studio inédita)
  6. Suspicious Minds
  7. Always On My Mind (Versão original de compacto inédita)

Lado B

  1. Bridge Over Troubled Water (Versão com nova equalização)
  2. Sweet Caroline (Versão alternativa ao vivo)
  3. I´m Leaving (Fora de catálogo)
  4. Fool (Versão com “overdub” inédita)
  5. If You Love Me (Let Me Know)
  6. My Way
  7. Unchained Melody (Versão inédita)

No ano de 1992 foi lançado o Good Rockin´ Tonight volume 2 (que fica como próxima postagem aqui no blog). Isso no formato LP. Na edição em k7 e CD ficou distribuída da seguinte forma: Disco 1 (em cd e k7 ficou sendo Volume 1) e Disco 2 ficou sendo Volume 2. O Volume 2, lançado em 1992 ficou sendo em k7 e CD, volumes 3 e 4.